Casa velha popup
DN
AÇÃO RÁPIDA

Polícia Civil recupera carga proveniente de estelionato avaliada em mais de R$ 100 mil em Confresa

A ação resultou também na prisão de um homem e na apreensão de duas armas de fogo.

24/05/2021 10h27
Por: Redação Canarana em Foco
Foto: Assessoria Polícia Civil
Foto: Assessoria Polícia Civil

A Polícia Civil de Confresa no norte Araguaia de MT, recuperou no sábado (22.05), na zona rural do município, uma carga de produtos agropecuários proveniente de crime de estelionato avaliada em mais de R$ 100 mil.

A ação resultou também na prisão de um homem e na apreensão de duas armas de fogo. O suspeito foi autuado em flagrante pelos crimes de estelionato e posse ilegal de arma de fogo. 

As diligências iniciaram logo que a Delegacia de Polícia de Confresa foi acionada sobre os fatos.

Conforme informações, um homem havia se passado por cliente cadastrado na empresa do ramo da agropecuária e que foi vítima, adquirindo vários produtos volumosos no valor total de mais de R$ 112 mil. No entanto, a compra tratava-se de um golpe de estelionato.

Durante as diligências os policiais civis conseguiram localizar o autor do crime de estelionato, em uma propriedade na zona rural de Confresa. Com ele os investigadores localizaram a carga dos produtos obtida por de forma ilícita. No local foram apreendidas duas espingardas, munições, entre outros objetos. 

De acordo com a investigação da Polícia Civil, o suspeito possui conhecimento técnico de informática e com isso aplicou o referido golpe, se passando por um fazendeiro da região. Para consumar o crime, ele usou documentos falsos e aparelho telefônico com a tecnologia VolP com intuito de tentar dificultar o trabalho da polícia.

O delegado de Confresa, Matheus Soares Augusto, explicou que o investigado já tentou aplicar outros golpes em outras empresas da cidade, mas foi impedido pelos policiais civis.

"Com mais essa prisão, a Delegacia de Polícia de Confresa contabiliza o saldo de cinco estelionatários presos em situação de flagrante somente neste mês de maio", destacou o delegado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.