Segunda, 29 de Novembro de 2021 20:48
(66) 996061490
Polícia PRESOS EM FLAGRANTE

Tios de criança que teve morte cerebral após agressões responderão por homicídio qualificado

Laudo médico apontou que a criança tinha fraturas cranianas, lesões por maus-tratos, abuso sexual, traumatismo craniano grave e suspeita de morte encefálica

09/11/2021 16h05
Por: Redação Canarana em Foco
Reprodução
Reprodução

Os tios de uma menina de dois anos e sete meses, que morreu nesta segunda-feira (08.11), em uma unidade de saúde em Várzea Grande, em decorrência de traumatismo cranioencefálico, passam a responder pelo crime de homicídio qualificado, em inquérito que tramita na Delegacia da Polícia Civil em Poconé, além de outros três crimes.

A criança deu entrada na Unidade Pronto-atendimento de Poconé na última quinta-feira (04.11), vítima de maus tratos e lesão corporal e, diante da gravidade foi transferida ao Pronto-socorro de Várzea Grande, onde teve o óbito confirmado no início da manhã desta segunda-feira. O corpo foi liberado pela equipe plantonista da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa.

O casal, que detinha a guarda provisória da criança, foi preso em flagrante no dia 04 de novembro, após comparecer à delegacia. A Polícia Civil foi acionada pelo Conselho Tutelar de Poconé depois que a criança foi levada a uma unidade de pronto-atendimento da cidade pela tia, com diversas lesões. A mulher relatou que encontrou a criança desacordada ao lado da cama. Por volta das 06h30 da quinta-feira, ela deu banho na menina e a levou para UPA, onde a menor foi entubada.

Um laudo médico apontou que a criança tinha fraturas cranianas, estado não compatível com a situação descrita pela sua responsável legal, que a levou ao hospital. Além disso, ela apresentava lesões por maus-tratos, abuso sexual, traumatismo craniano grave e suspeita de morte encefálica.

Conforme a investigação conduzida pelo delegado Maurício Maciel Pereira, há cerca de cinco meses, a guarda provisória dela estava com o tio paterno e a esposa dele. O casal estava morando em um sítio com a criança, na região rural de Poconé.

A equipe do Conselho Tutelar do município, que estava acompanhando a situação, procurou a delegacia após receber o laudo médico. Os responsáveis pela criança foram até a unidade policial para serem ouvidos, quando receberam voz de prisão pelos crimes de lesão corporal grave, maus tratos e ameaça.

O delegado afirma que as diligências estão em andamento para verificar todas as circunstâncias envolvendo as agressões praticadas contra a criança e foi requisitada perícia no local dos fatos. O pai biológico da criança foi ouvido nesta segunda-feira na delegacia.

Com base nas informações coletadas, o delegado representou pela conversão do flagrante do casal em prisão preventiva, que foi deferida pelo Poder Judiciário durante audiência de custódia realizada no último sábado.

O casal responderá pelos crimes de homicídio qualificado, maus tratos, estupro de vulnerável e tortura.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Canarana - MT
Atualizado às 20h35 - Fonte: Climatempo
26°
Pancada de chuva

Mín. 22° Máx. 32°

28° Sensação
10.8 km/h Vento
77% Umidade do ar
90% (20mm) Chance de chuva
Amanhã (30/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (01/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias